top of page
  • Foto do escritorConsulak

Você sabe o que é uma Indústria de Laticínios?

Preparamos mais um post aqui no blog, e o assunto é Indústria de Laticínios você sabe o que é?


De acordo com o Decreto 9.013 de Março de 2017, que dispõe sobre a Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RISPOA), existem 5 classificações para estabelecimentos de leite e derivados, que são:


1) GRANJA LEITEIRA: estabelecimento destinado à produção, ao pré-beneficiamento, ao beneficiamento, ao envase, ao acondicionamento, à rotulagem, à armazenagem e à expedição de leite para o consumo humano direto, podendo também elaborar derivados lácteos a partir de leite exclusivo de sua produção, envolvendo as etapas de pré-beneficiamento, beneficiamento, manipulação, fabricação, maturação, ralação, fracionamento, acondicionamento, rotulagem, armazenagem e expedição.


2) POSTO DE REFRIGERAÇÃO: o estabelecimento intermediário entre as propriedades rurais e as usinas de beneficiamento ou fábricas de laticínios destinado à seleção, à recepção, à mensuração de peso ou volume, à filtração, à refrigeração, ao acondicionamento e à expedição de leite cru, facultando-se a estocagem temporária do leite até sua expedição.


3) USINA DE BENEFICIAMENTO: o estabelecimento destinado à recepção, ao pré-beneficiamento, ao beneficiamento, à envase, ao acondicionamento, à rotulagem, à armazenagem e à expedição de leite para o consumo humano direto, facultando-se a transferência, a manipulação, a fabricação, a maturação, o fracionamento, a ralação, o acondicionamento, a rotulagem, a armazenagem e a expedição de derivados lácteos, sendo também permitida a expedição de leite fluido a granel de uso industrial.


4) FÁBRICA DE LATICÍNIOS: o estabelecimento destinado à fabricação de derivados lácteos, envolvendo as etapas de recepção de leite e derivados, de transferência, de refrigeração, de beneficiamento, de manipulação, de fabricação, de maturação, de fracionamento, de ralação, de acondicionamento, de rotulagem, de armazenagem e de expedição de derivados lácteos, sendo também permitida a expedição de leite fluido a granel de uso industrial.


5) QUEIJARIA: o estabelecimento localizado em propriedade rural destinado à fabricação de queijos tradicionais com características específicas, elaborados exclusivamente com leite de sua própria produção, que envolva as etapas de fabricação, maturação, acondicionamento, rotulagem, armazenagem e expedição, e que encaminhe o produto a uma fábrica de laticínios ou usina de beneficiamento, caso não realize o processamento completo do queijo.


Portanto, se você tem interesse em fabricar derivados de leite se atente as normas pré-estabelecidas pelo RISPOA/2017.


*Informações retiradas no RISPOA.


* Texto criado por:


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page